Laboratório de Produção Multimídia

 

 

 

 

 

 

 

 

Serviços

Videoaula

Videoaula

Compartilhe o seu conhecimento com milhares de alunos utilizando videoaulas e a Internet.

Animação e modelagem em 3D

Animação e modelagem em 3D

Permite realizar a simulação de procedimentos e o funcionamento de estruturas e máquinas, facilitando o entendimento do expectador. Exemplo: demonstrar a perfuração de poços de petróleo.

Documentário

Documentário

Possibilita contar a história de projetos e programas com a participação dos atores envolvidos. Mais adequado àqueles que farão a exibição do vídeo em cinemas e festivais.

 

Reportagem

Reportagem

Interessante para registrar eventos institucionais e lançamentos de novas tecnologias.

Vídeo promocional

Vídeo promocional

Eficaz na divulgação de determinado produto ou serviço. Mais direto que o vídeo institucional, esse tipo de linguagem prioriza as vantagens e benefícios do que está sendo mostrado.

 

Vídeo institucional

Vídeo institucional

Ideal para contar a história de laboratórios, institutos, escolas e faculdades. Tem por objetivo reforçar a identidade institucional, revelando conquistas marcantes e fatos históricos da instituição retratada.

Quem somos

O Laboratório de Produção Multimídia (LPM) tem o objetivo de buscar sempre a excelência em produção de conteúdos audivisuais, 3D e animação.

 

Inaugurado no dia 12 de setembro de 2012, o LPM possui como diferencial a conexão com grupos de pesquisa e de produção audiovisual da Universidade.

 

Resultado de parceria entre o Programa de Engenharia de Sistemas e Computação (Pesc) e a Diretoria de Assuntos Acadêmicos da Coppe, o LPM possui governança realizada por um Conselho Gestor. Dois representantes são indicados pela coordenação do Pesc e outros dois são escolhidos pela diretoria da Coppe. Atualmente, o LPM é coordenado por Sérgio Duque Estrada.

 

O LPM propicia espaço privilegiado para pesquisa e desenvolvimento de novas linguagens narrativas no contexto comunicacional contemporâneo. Além de servir de apoio complementar à formação de alunos, o LPM oferece um ambiente multidisciplinar que favorece a criação de soluções inovadoras para atender às demandas da sociedade no âmbito da comunicação. As atividades de produção audiovisual do LPM estão limitadas às dependências do estúdio e aos recursos disponíveis e alocados no Laboratório.

 

Equipe

Sérgio Duque Estrada

Sérgio Duque Estrada

Coordenador

Mestre em Engenharia de Sistemas e Computação pelo PESC/COPPE/UFRJ (2013). Graduado em Comunicação Social pela ECO/UFRJ (1998). Especialização em Webdesigner pelo NCE/UFRJ (1999). Membro suplente do Comitê Gestor RedeIFES/Andifes-RNP, equipe de desenvolvimento 2 – Mídias Digitais (Plataforma OTT). Experiência em Ensino de Graduação em Comunicação Social (ECO/UFRJ 2001 a 2003). Diretor geral de produção da série televisiva da UFRJ (Rizoma) para a UTV (2001 a 2003). Representante da UFRJ no Conselho de Programação do Canal Universitário do Rio de Janeiro, UTV-NET RIO (2001 a 2006). Coordenador de Mídias Audiovisuais da UFRJ (2003 a 2008) responsável pela criação e implantação dos dois Canais Institucionais de TV por IP da UFRJ (TV Consuni e WebTV-UFRJ). Experiência na área de audiovisual em produção e direção de programas de Televisão, de vídeo-documentários e de conteúdos interativos. Atualmente desenvolvo atividades de pesquisa aplicada no Laboratório de Realidade Virtual, Lab3D/COPPE e no LPM/COPPE, relacioanadas às áreas de convergência digital, convergência de mídias, convergência das coisas, mídia interativa, mídia colaborativa e webdifusão, em um projeto interinstitucional com a UFPR e a UFSCar. Idealizador da Plataforma Webcasting de Televisão-OTT  “TVer” (Operadora Virtual de Canais de TV por IP). Canais de TV com difusão audiovisual ciberespacial, com multiprogramação e multiplataforma. Participação em Projetos na Área de Implantação de Canais de TVDi Por IP. Produção Audiovisual. TV Interativa. Coordenador do Laboratório de Produção Multimídia do PESC/COPPE. Técnico em tecnologia da informação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Coordenador da oficina audiovisual “Jovens pelos Jovens”, realizada em parceria com jovens das comunidades da Rocinha e João XXIII Santa Cruz, de Julho a Dezembro de 2003, através do NIPIAC do Instituto de Psicologia da UFRJ. Orientador do Projeto Social Oficinas de Produção Audiovisual na 13ª Mostra CurtaCinema e 9th Rio de Janeiro International Short Film Festival nas comunidades de Cidade de Deus e do Jardim América, entre 30 de outubro a 3 de dezembro de 2003, exibidos no dia 5 de dezembro de 2003 no Cine Odeon.

Andrea Maria do Nascimento Silva

Andrea Maria do Nascimento Silva

Produtora Cultural

Possui graduação em Produção Cultural pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro – IFRJ (2009), Especialização em Filosofia Moderna e Contemporânea pelo Mosteiro de São Bento e mestrado em Educação Profissional e Trabalho pela Fundação Oswaldo Cruz – FIOCRUZ (2014). Experiência profissional como Produtora Cultural, em desenvolvimento de programas e projetos na área de promoção da cultura em diversas manifestações (artes visuais, teatro, cinema e música). Projetos sociais para demandas específicas de educação, cultura e direitos humanos. Captação de recursos em editais de financiamento de projetos em diversas áreas. Gestão de projetos culturais e sociais para enquadramento em leis de incentivo (Lei Rouanet, Incentivo ao Esporte, ICMS, ISS), convênios e patrocínios. Desenvolvimento institucional.

Priscyla Gonçalves Ferreira

Priscyla Gonçalves Ferreira

Designer

Mestrado em Informática – PPGI/UNIRIO (2016 – cursando). Especialista em Mídias Digitais (2012). Bacharelado em Programação Visual – Escola de Belas Artes/UFRJ (2009). Experiência em desenvolvimentos de interfaces web, programação front-end, desenvolvimento de identidade visual institucional, criação de material de divulgação em diferentes mídias: impressa e digital, instrutora de cursos de informática básica.

Conselho Gestor

Claudia Werner

Claudia Werner

Bacharel em Matemática (Modalidade Informática) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985) e doutora em Engenharia de Sistemas e Computação pela COPPE/Universidade Federal do Rio de Janeiro (1992). Atualmente, é professora titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Engenharia de Software, atuando principalmente nos seguintes temas: reutilização de software, educação em engenharia de software, visualização de software e ecossistemas de software.

Claudio Esperança

Claudio Esperança

Possui graduação em Engenharia Eletrônica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1980), mestrado em Engenharia de Sistemas e Computação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1990) e doutorado em Ciência da Computação pela Universidade de Maryland (1995). Atualmente é professor associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Processamento Gráfico, atuando principalmente nos seguintes temas: visualização, modelagem geométrica, animação física, sistemas de informações geográficas, bancos de dados espaciais.

Geraldo Xexéo

Geraldo Xexéo

Possui graduação em Engenharia Eletronica pelo Instituto Militar de Engenharia (1988) e doutorado em Engenharia de Sistemas e Computação pelo Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós Graduação e Pesquisa de Engenharia (1994). Desde 1995 é professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Banco de Dados e Engenharia de Software. Suas linhas de pesquisa atuais incluem Sistemas Peer-to-Peer, Busca, Recuperação e Extração da Informação, Qualidade de Dados e Lógica Fuzzy. Participou de projetos de consultoria em empresas públicas e privadas.

Guilherme Travassos

Guilherme Travassos

Engenheiro Eletricista (Universidade Federal de Juiz de Fora, 1985), Mestre (1990) e Doutor (1994) em Engenharia de Sistemas e Computação pela COPPE/Universidade Federal do Rio de Janeiro. Realizou estágio de Pós-Doutorado na University of Maryland-College Park juntamente com o SEL/NASA (USA – 1998-2000), tendo como focos principais experimentação aplicada na Engenharia de Software e linha de produto de software. Atualmente é professor titular do Programa de Engenharia de Sistemas e Computação (PESC) da COPPE/Universidade Federal do Rio de Janeiro. Suas pesquisas estão inseridas no contexto da Engenharia de Software Experimental, atuando principalmente nos seguintes temas: qualidade de software (VV&T), ciência em larga escala, engenharia de aplicações WEB e sistemas ubíquos, simulação em engenharia de software, ambientes e ferramentas para apoiar o desenvolvimento e experimentação em software. Lidera o grupo de Engenharia de Software Experimental da COPPE/UFRJ e faz parte da ISERN – International Software Engineering Research Network. É membro da SBC – Sociedade Brasileira de Computação e membro profissional da ACM – Association for Computer Machinery. É editor associado do periódico Elsevier- Information & Software Technology (IST) e compõem o corpo editorial dos periódicos SpringerOpen – Journal of Software Engineering Research and Development (JSERD) e World Scientific – International Journal of Software Engineering and Knowledge Engineering (IJSEKE). Possui grande colaboração com a indústria de software através dos projetos de pesquisa & desenvolvimento desenvolvidos pela COPPE/UFRJ. Informações complementares podem ser obtidas em https://scholar.google.com.br/citations?hl=pt-BR&user=hn4LDmkAAAAJ&pagesize=100&view_op=list_works

Luis Alfredo

Luis Alfredo

Possui graduação em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1982), com ênfase em petróleo, Mestrado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1984), com ênfase em métodos de otimização, e Doutorado em Engenharia de Sistemas e Computação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1989), com ênfase em redes neuronais e modelos em neurofisiologia. Desde seu doutoramento em 1989, sempre se dirigiu às pesquisas interdisciplinares reunindo Neurociências, Psicanálise, Filosofia e Biologia. Coordenou dezenas de projetos de pesquisa financiados pelo CNPQ e pela FAPERJ, sempre com equipes de caráter interdisciplinar. No Programa de Engenharia de Sistemas e Computação da COPPE-UFRJ atua como docente pleno e desenvolve pesquisas em Neurociência Computacional (isto é, o desenvolvimento de modelos matemático-computacionais realistas do cérebro) e novas terapias cognitivo-comportamentais (TCCs) para neuroses e psicoses utilizando técnicas de Realidade Virtual. No Programa de História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia da UFRJ, criado por ele em 2005, atua como colaborador na área de Filosofia e Teorias da Mente. Além disto, atua nas áreas de Epistemologia e Neuropsicanálise no Programa Inter-institucional de Bioética, Ética Aplicada e Saúde Coletiva do consórcio que reúne a UFRJ, a Fiocruz, a UFF e a UERJ, programa este que ajudou a fundar. Seu contato com os cursos de graduação da UFRJ ocorre através de disciplinas lecionadas no curso de graduação em Biofísica do Instituto de Biofísica da UFRJ, no curso de Engenharia de Controle e Automação e nos cursos de graduação do Centro de Ciências da Saúde da UFRJ.

Sérgio Duque Estrada

Sérgio Duque Estrada

Mestre em Engenharia de Sistemas e Computação pelo PESC/COPPE/UFRJ (2013). Graduado em Comunicação Social pela ECO/UFRJ (1998). Especialização em Webdesigner pelo NCE/UFRJ (1999). Membro suplente do Comitê Gestor RedeIFES/Andifes-RNP, equipe de desenvolvimento 2 – Mídias Digitais (Plataforma OTT). Experiência em Ensino de Graduação em Comunicação Social (ECO/UFRJ 2001 a 2003). Diretor geral de produção da série televisiva da UFRJ (Rizoma) para a UTV (2001 a 2003). Representante da UFRJ no Conselho de Programação do Canal Universitário do Rio de Janeiro, UTV-NET RIO (2001 a 2006). Coordenador de Mídias Audiovisuais da UFRJ (2003 a 2008) responsável pela criação e implantação dos dois Canais Institucionais de TV por IP da UFRJ (TV Consuni e WebTV-UFRJ). Experiência na área de audiovisual em produção e direção de programas de Televisão, de vídeo-documentários e de conteúdos interativos. Atualmente desenvolvo atividades de pesquisa aplicada no Laboratório de Realidade Virtual, Lab3D/COPPE e no LPM/COPPE, relacioanadas às áreas de convergência digital, convergência de mídias, convergência das coisas, mídia interativa, mídia colaborativa e webdifusão, em um projeto interinstitucional com a UFPR e a UFSCar. Idealizador da Plataforma Webcasting de Televisão-OTT  “TVer” (Operadora Virtual de Canais de TV por IP). Canais de TV com difusão audiovisual ciberespacial, com multiprogramação e multiplataforma. Participação em Projetos na Área de Implantação de Canais de TVDi Por IP. Produção Audiovisual. TV Interativa. Coordenador do Laboratório de Produção Multimídia do PESC/COPPE. Técnico em tecnologia da informação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Coordenador da oficina audiovisual “Jovens pelos Jovens”, realizada em parceria com jovens das comunidades da Rocinha e João XXIII Santa Cruz, de Julho a Dezembro de 2003, através do NIPIAC do Instituto de Psicologia da UFRJ. Orientador do Projeto Social Oficinas de Produção Audiovisual na 13ª Mostra CurtaCinema e 9th Rio de Janeiro International Short Film Festival nas comunidades de Cidade de Deus e do Jardim América, entre 30 de outubro a 3 de dezembro de 2003, exibidos no dia 5 de dezembro de 2003 no Cine Odeon.

Estrutura

Contato

LPM – Laboratório de Produção Multimídia

PESC/COPPE/UFRJbanner_pesc_coppe
Prédio do Centro de Tecnologia
Bloco I (subsolo) – sala 044/A
Av. Horácio Macedo, 2030
Cidade Universitária
CEP 21941-914
Rio de Janeiro – Brasil
contato.lpm@coppe.ufrj.br

Formulário para solicitação de serviço

Telefone: +55 021 3938-8316